Programa Socioemocional

Diferenciais pedagógicos

Aqui o aluno se torna protagonista de sua formação.

Com tantas mudanças no mundo, é fundamental que as escolas apliquem um modelo educacional que valorize as competências socioemocionais, formando indivíduos mais empáticos e conscientes de si. Com aulas regulares na grade horária em todas as séries, o Programa Raízes trabalha com o que há de mais moderno na aprendizagem socioemocional, com ferramentas para uma formação intelectual e subjetiva.

O mundo mudou e a educação precisa acompanhar essas mudanças. Através do programa socioemocional do Ao Cubo, o Programa Raízes, o aluno tem acesso a aulas regulares na grade horária em todas as séries para trabalhar a aprendizagem socioemocional a partir de dois pilares: Autoconhecimento e Protagonismo. 

Ensino Fundamental Anos Finais, as aulas propõem dinâmicas com foco no indivíduo, convites à reflexão sobre assuntos da atualidade e aprimoramentos de métodos de estudo e organização. Como resultado, o adolescente faz a transição para o Ensino Médio consciente de suas características e convicções, ainda que sempre disposto a transformá-las.

No Ensino Médio, o trabalho socioemocional foca em métodos de estudo e em escolhas e posturas diante de questões individuais ou coletivas que surgem no fim da adolescência e no início da vida adulta, como relações interpessoais, mecanismos de controle da ansiedade e processos decisórios. A capacidade argumentativa – essencial no Enem, nos vestibulares e na vida adulta – é fortemente trabalhada a partir de temas contemporâneos, sempre tendo o estudante como protagonista.